Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2010
expecto patronum

 

 correr um risco, para mim, é como que uma ilusão. imagino-a, na minha mente sonhadora, mas sou incapaz de avançar. não que não queira, mas sim, porque me sinto presa por uma fina, contudo, inquebrável corrente. quero correr o risco, quero avançar, quero saber o que mais me espera, mas não dá. esta maldita corrente aprisiona-me. começo a ser invadida por pequenos "se"'s bastante negativos que me vão retirando todos os pensamentos positivos que outrora poderia ter. esta corrente é como um dementor:alimenta-se das minhas memórias felizes, que me dão força para avançar, e, como consequência, deixa-me com as restantes, que me retiram toda a confiança. 

 sou uma pessoa fraca mas, mesmo assim, tentei quebrá-la. não consegui mas, por ventura, avistei uma pequena chave, no cimo de um armário, situado no canto oposto ao que me encontro. tentei alcançá-la, fiz de tudo, mas não o consegui.

 então, aí apercebi-me que, embora deva ser uma decisão tomada por nós próprios, eu necessito de uma pequena ajuda. não quero que ma entreguem, assim, de mão beijada, mas sim que a coloquem mais próxima de mim. quero sentir uma pequena sensação de vitória a vangloriar-se pelo meu rosto embora, interiormente, saiba que recebi um pequeno apoio para me libertar da corrente. dessa maldita corrente. daquela maldita insegurança.

 

(não, afinal, eu ainda não abandonei o meu pequeno birdie)


: so sleepy.
listening to: Something in the way - Nirvana

Catherine às 18:49
link | add to favourites.

De Matt Xell a 19 de Março de 2010 às 13:27
Olá... Desculpa a intrusão, mas passei pelo teu blog e adorei a forma como exprimiste o que sentes. Deu para perceber pelas tuas palavras as incertezas e insegurança que tens em tomar decisões que são difíceis. Só te digo que às vezes as pessoas encontram forças que nunca esperariam encontrar dentro delas quando sabem que têm de tomar uma decisão difícil, e acabam não só por surpreender os outros, como também a elas próprias.
Aproveito para te convidar a visitar o romance sobre uma história de amor que estou a escrever no meu blog.
Continua a escrever assim.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres